Pretend to believe


O que será pior fingir que acreditamos ou fazer com que os outros finjam que acreditam?

Creio que será sempre pior fingir que acreditamos, pois estaremos a construir uma mentira, que a qualquer momento pode desmoronar.

Viver sobre um jogo de mentiras, faz com que sintamos uma constante insegurança, uma constante frustração que vai ganhando poder sobre nós e por vezes o preço a pagar é demasiado elevado… E é mesmo assim!

O “faz de conta” apoderou se de tal forma, que faz parte do quotidiano de todos nós, seja em questões laborais, pessoais ou de outra coisa qualquer. Mas é um “faz de conta” tão feio, tão perverso que não podemos comparar com aqueles que lemos, quando éramos crianças.

Aqui as histórias são muito diferentes, falsas e com um conteúdo muito negativo. Mas são cada vez mais aqueles que se juntam a este “faz de conta”, vivendo vidas paralelas, vivendo vidas virtuais onde alguns mostram realmente o que são e outros representam personagens… A variedade é tanta que existe para todos os gostos, é só escolher!

Surgem algumas dúvidas ou questões, sobre qual dos mundos em que é preferível viver, porque muitos obtêm aquilo que tanto desejam no mundo virtual ou no mundo do “faz de conta”, e talvez por isso, por essa razão tantos tomam essa opção.

Caminhar por um mundo onde a mentira é a sua imperatriz, onde tudo é falso é um jogo perigoso que a qualquer momento, o feitiço poderá reverter contra o feiticeiro!

Carla Milho

2 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s