Wrong person to faul in love


E de repente fiquei sem paciência, tudo o que até então ainda me fazia sentido, não faz mais e não sei se voltará a fazer.

Fez se um click dentro de mim, neste momento , neste mau momento que estou a viver , neste momento que estou a perder novamente…

E o conforto que encontro é no mundo das palavras , no mundo onde me sinto bem e confortável , onde as palavras são as únicas que possuem o poder de me confortar…

Não encontro e nem quero encontrar , pois sinto um vazio que ninguém pode preencher, quero afastar me deste mundo onde não me sinto bem ou confortável, fartei me de tanta falsidade e hipocrisia , pois sinto me constantemente rodeada e apenas anseiam a minha queda , não me amam de verdade.

Eu sou realmente a pessoa mais errada para ser amada ou para viver o tal sentimento tão especial como é o amor , não sou feita desse material, mas houve um tempo que pensei sê lo.

Erro mais do que acerto, e não deveria ter dado permissão que esse sentimento entra se na minha vida , e desta vez nego o….Cheia de raiva , é a emoção que estou a sentir neste momento , a raiva de estar a perder , de ter que dizer adeus , de ter que me despedir para sempre.

Não sou feita desse material , sou das pessoas mais erradas para alguém amar e creio que só agora tenho as respostas que ainda não tinham resposta ,agora compreendo porque se fartaram tão rapidamente…não sou feita para ser amada.

E honestamente, muito friamente não me incomoda nem um pouco , já não doí nem um pouco , esta despedida congelou todo o género possível e imaginário de sentimento , emoção .

Se serei um monstro ao sentir tudo isto desta horrível forma ?!

Pois não sei , mas tenho a certeza que se for um monstro , não serei igual aos outros porque até na minha monstruosidade eu sou verdadeira , até no meu pior defeito sou honesta .

Nunca enganei ninguém , sempre mostrei quem era e mesmo assim , nem assim foi o suficiente.

Prefiro não sentir nada , prefiro que não o sintam por mim, não sou feita desse material , nunca fui.

Agora talvez compreenda o que nunca compreendi!

Este sim é o mundo onde o conforto que preciso , encontro , ao escrever cada palavra sinto a como um abraço forte e apertado , e algumas sussurram me ao ouvido, estamos aqui!

Se isto é uma espécie de loucura, então sim , estou louca …

Se isto é uma espécie de lucidez, então sim sou lúcida…

O que pensam de mim, não me faz mudar , não sinto essa necessidade, sei quem sou e não sei fingir!

Certa ou errada , é quem sou …apenas , mas não apenas mais uma pessoa neste mundo!

Carla Milho

9 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s