Think humble, think about your capabilities


Considero me humilde, tenho a capacidade de reconhecer os meus erros quando é necessário, mas também conclui que tenho mais capacidades do que por vezes me disseram ter…

A humildade e a inteligência são características que podem constituir uma ameaça para determinadas pessoas , sim eu já passei por experiencias em que eu era uma ameaça , para aqueles que insistiam em fazer de mim , burra .

Não é confortável , sinceramente é frustrante e indignou me um pouco até ,mas não era eu que possuía o poder de mudar os fatos , pois quando se insiste num erro deixa de se lo e passa a ser uma decisão. O que resultou , o que despoletou em mim nessa altura foi uma profunda desilusão.

Mas aconteceu porque eu quis acreditar que a verdade que estava diante de mim, era demasiado diabólica para ser lo e neguei a durante algum tempo, resultado?!

Uma alteração em minha personalidade!

Para pior ou melhor não sei , mas evitou que eu desisti se de mim mesma. Esqueci me quem era, perdi me , e creio que durante algum tempo deixei de ter amor próprio , vivendo como uma sombra dos outros.

Mas a minha personalidade forte de resistir ás atrocidades da vida e daquelas que pessoas negativas colocadas diante de mim , sobressaiu uma vez mais , não permitindo que me perde se numa viagem de ida sem retorno. E aqui estou eu , tanto tempo depois.

Creio que ainda não encontrei o meu verdadeiro objetivo , creio que ainda não entendi aquilo a que estou destinada, mas pretendo cumprir o meu dever enquanto ser humano.

Tenho aprendido muitas lições , e com elas tento sempre moldar para melhor a minha personalidade , mas existem ainda várias mágoas que não estão cicatrizadas , fazendo com que por vezes as dúvidas ainda me assombrem. Mas é um processo , e não pretendo desistir dele.

Não é fácil viver com alguém como eu , tenho uma perspetiva diferente do mundo e tenho uma doença que me cria muitas limitações , mas será que por causa disso não tenho direito a viver em harmonia e dignidade?!

Não me conseguem convencer disso, a minha vida apenas a mim pertence , a ninguém mais e enquanto eu quiser vou permanecendo por aqui , até ao dia em que como todos os seres mortais irei embora!

Carla Milho

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s