Free yourself


Liberta te de qualquer género de culpa , de qualquer género de erro que tenhas cometido…

Acontece , ninguém está livre e ninguém é perfeito…

Insistir em guardar todas essas sensações , é permanecer preso a um passado e para quê?

Para mudar aquilo que não podes?

Não podes fazer nada a não ser perdoar aquilo que aconteceu , e quem sabe a salvação que queres seja mesmo o perdão…

Liberta te para que possas finalmente aceitar aquilo que tens , que és e que por alguma razão , te colocou nesse caminho…

Nem sempre compreendemos , nem sempre as coisas irão ser como desejaríamos , mas podemos sempre fazer a nossa parte , e na maioria das vezes a nossa parte é apenas aceitar.

Travar batalhas contrariados , não nos irá levar a lado nenhum a não ser ao caminho da frustração , da indignação e de muitas perguntas sem resposta….E será esse o sentido de estarmos vivos?

Não creio que o seja …

As únicas batalhas que fazem sentido travar são aquelas que podem contribuir para algo bom e positivo, algo que nos mantenha á tona em caso de mares revoltos e de tempestades ferozes.

Não somos perfeitos, somos humanos, somos falíveis…

Liberta te e espera que tudo se encaixe no tempo exacto e até lá, vive um dia de cada vez e saboreia cada momento!

Carla Milho

6 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s