Both feet on the ground


É …ter os pés bem assentes no chão é importante , é sinal que temos consciência da nossa realidade e também que somos responsáveis.

Sim , faz parte da condição de sermos adultos tornarmos nos responsáveis.

Responsáveis por nós , e por aqueles que possam fazer parte de nossas vidas , principalmente quando partilhamos a nossa vida com outra pessoa , quando havemos constituído família.

Nestas situações o peso da responsabilidade acresce com mais intensidade , porque tudo aquilo que possamos decidir afetará não só a nós como também aos restantes membros.

Talvez seja esse peso que torna a atualidade naquilo que tanto vemos . Ninguém quer compromissos sérios e muito menos ter responsabilidades acrescidas.

Dizem que o sonho mais tolo que tivemos em crianças foi querermos ser adultos , talvez sim talvez não!

Ser adulto significa crescer , é a transição de crianças para a idade adulta , mas todas as idades têm o seu encanto a sua importância e beleza, é só agradecermos o facto de estarmos vivos .

Claro que para sermos responsáveis temos que ser conscientes , mas não significa que tenhamos que deixar de sonhar , pelo contrário , sonhar alimenta nos de forma poderosa e por vezes é aquilo que nos permite acreditar que um dia tudo será diferente e melhor…a esperança!

Para mim a esperança está um pouco de mãos dadas com o sonhar , pois é através dessa minha parte imaginativa ou criativa que muitas vezes encontro aquilo que necessito naquele momento.

A minha parte criativa permite me imaginar ou até mesmo criar temas para escrever aqui , no meu blog , onde partilho algumas palavras diariamente com alguns leitores.

Depois existe a minha parte responsável como adulta , que me faz pensar mais que uma vez nas palavras que escrevo , pois não é minha intenção ser mal interpretada e na maioria das vezes escrevo até com sarcasmo , para poder controlar os inúmeros impulsos que me invadem quando escrevo sobre determinados assuntos.

Embora sejam experiencias vividas por mim, sei ser inteligente o suficiente para dizer tudo sem dizer nada , pois tudo se encontra nas entre linhas certas.

Com ou sem os pés assentes no chão , o importante é não deixar o desanimo invadir os nossos pensamentos e embora não seja um exercício fácil de ser feito, não é totalmente impossível. Como sabem , eu não acredito em impossíveis …acredito que tudo aquilo que acreditamos é possível, mas temos que ajudar , temos que dar o nosso contributo para que se tornem em realidades palpáveis.

Quem me conhece bem , tem o hábito de me dizer que sou demasiado responsável que tenho os pés tão firmes no chão, que por vezes isso me impede de sonhar com aquilo que realmente mereço. Não sei se têm a razão ou não , mas que em determinadas coisas sou demasiado responsável sou, faz parte da minha constituição enquanto pessoa , enquanto ser individual e não sei se alguma vez irei mudar essa característica…quem gostar de mim terá que gostar da forma que sou , pois há algo que não consigo fazer , fingir!

De certa forma creio que alguns dos leitores irão compreender as minhas palavras , pois este pequeno texto tem muito de mim , da pessoa que está deste lado a escrever…

Obrigado a todos os que lêem e apreciam o meu blog, vemos nos no meu próximo post até lá um bem haja a todos vós! 🌹💖

4 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s