The diary of a madman- Part XXIV


Aquele triste homem , olhava de forma desoladora para todo o aparato policial que estava diante da casa dos seus pais, da casa onde havia passado a maior parte da sua vida.

Sentiu que alguém falava com ele , pousando lhe uma mão num dos seus ombros para captar a sua atenção. Finalmente dirigiu o seu olhar para quem tanto queria a sua atenção.

Um olhar preocupante , mas com uns olhos muito cativantes e embriagadores pairavam sobre si, continuando a falar . Era uma mulher , a detetive responsável pela equipa de homicídios .

Uma pessoa calma , com um discurso fluente e segura em cada palavra que pronunciava . Sentiu de imediato um conforto , pois encontrava se completamente destroçado .

Dentro da casa , o homem do futuro via através de uma das janelas da sala , o seu eu daquele presente , e começava agora a lembrar se da detetive e da forma como ela foi ganhando importância na sua vida.

Um grito saiu de sua boca , sem que alguém o pudesse escutar , era a indignação a crescer dentro dele .

Aquela mulher que aparentemente parecia estar mesmo empenhada em apanhar os assassinos ou assassino de seus pais , de inocente não tinha nada , muito pelo contrário , e ele gostaria de poder avisar o seu eu , para a triste verdade antes que fosse tarde demais ….

Continua ….

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s