The diary of a madman -Part XXII


A voz daquela mulher , da detetive , se é que ela realmente o era , continuava a declamar aquela frase uma e mais outra vez!

Foi quando viu os corpos dos seus pais , a revirarem se no chão em movimentos estranhos e repetidos a uma velocidade bruta , e algo acontecia enquanto os seus corpos não paravam!

Aqueles olhos fixavam o olhar no liquido vermelho , que caia a conta gotas dos corpos , já não lhes restava muito sangue . Os seus corpos pareciam velhas carcaças , que haviam sido espremidas até á última gota de sangue.

Era isso ! Era isso mesmo que aquela horrível mulher estava a fazer . Estava a certificar se que não ficariam com sangue nenhum .

Ele mais uma vez assisti a tudo aquilo , sem poder intervir. Foi então que uma das mãos da mulher , apanhou para um objeto semelhante a um frasco pequeno , uma determinada quantidade de sangue que estava no chão .

Ouviu a dizer :

Tenho que ter a certeza que tenho a quantidade necessária , e de ambos , pois ainda não temos a certeza qual é o mais poderoso.

Lá fora , nada parecia ter mudado , não parecia que o seu mundo havia mudado tão drasticamente nestas últimas horas. Parecia que ninguém se iria importar.

O amanhecer estava prestes a surgir , dando inicio a um novo dia .

Ao olhar novamente para o lugar onde aquela mulher se encontrava , viu que a sua presença já não estava ali. Havia abandonado aquele lugar sem deixar rastro, ou indícios que era real.

Sentou se no chão , estava completamente esgotado ,sem forças para se manter em pé. Apenas ansiava o momento de poder sair dali , mas não parecia que isso estava para acontecer ….

Continua….

Carla Milho 🌹💖

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s