Lost in a bad way 🙄


Trocar a paz, a verdadeira por uma fraca e triste representação não é algo que eu consiga fazer… Não consigo representar emoções.

E não existe pior forma de viver a vida, do que o faz de conta…

Fazer de conta que gostamos, fazer de conta que isto ou aquilo não nos incomoda, fazer de conta que o sorriso é sincero ou que gostamos de tudo e de todos, é viver um conto que não é real e que mais dia menos dia, não será possível continuar a fazê-lo.

Quantos não vivem vidas duplas porque aquela que outrora escolheram não é mais satisfatória.

E assim vão trocando ter a paz pela representação de tristes papéis.

E assim vão construindo e vivendo vidas fantasiosas, onde numa representam e na outra é onde se sentem bem. Naquela onde não há regras, naquela onde a imperatriz é a balbúrdia.

Quantos são aqueles que vivem assim nos dias de hoje?!

Ao certo não é possível dizer, mas pelo que observo é a maioria. Cada vez mais vejo, nas redes sociais o estado ridículo que a maioria faz questão de fazer, pois as escondidas, em segredo vão mantendo relações virtuais, e não me refiro a relações de amizade. E fora das redes sociais a minha conclusão é a mesma.

Pessoas que vivem juntas mas que já nada têm em comum, que os planos feitos em conjunto foram substituídos por alguma aventura, por uma relação ocasional e são essas as mais emocionantes pois não têm responsabilidades, são apenas caprichos, coisas sem importância… É o que oiço dizerem.

Mas um dia o faz de conta acaba, juntamente com a paciência daqueles que tiveram a paciência e foram dando inúmeras oportunidades porque tinham a esperança que um dia tudo voltaria ao normal. O problema é que aquele que inicie uma vida dupla, sentir se a tão maravilhado, deslumbrado com a facilidade da arte do engate que vive as escondidas que não irá querer voltar a viver a vida real.

E aqui a paz não é possível porque no faz de conta tudo apenas existe por um período de tempo até que a verdade apareça e ela irá aparecer sempre.

Aqueles que o façam, perderam se num caminho. Um caminho cheio de atalhos, cheio de peripécias negativas, porque a vida tem o seu lado irónico, que se chama carma e o que fizermos, todas as nossas acções e atitudes voltarão a bater nos a porta um dia!

Obrigado a todos os que lêem e apreciam o meu blog, vemos nos no meu próximo post até lá um bem haja a todos vós! 🌹💖

6 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s