The diary of a madman-Part XV


Era alguém ou algo que não tinha uma forma definida ou definitiva, era uma presença muito estranha porém poderosa!

Pode ver sua mãe retirar algo que estava numa das gavetas da secretária , uma gaveta que estava sempre fechada e cuja chave ele nunca tinha visto. Sentia o nervosismo crescer dentro dele, pois queria tanto ajudar a sua mãe , mas não lhe era possível…Foi então que viu sua mãe agarrada ao seu braço, de onde era visível ver , um golpe que sangrava com abundancia .

Sua mãe estava á procura de algo importante na gaveta , algo que deveria ser muito importante pois a sua expressão era de aflição. Do nada , viu que ela já tinha encontrado aquilo que tanto procurava , e ao mesmo tempo que se apercebeu disso , começou a ouvir um som também já seu familiar ,tambores !

Um som bem alto de tambores , fazia sentir se em toda a casa e quem sabe fora dela também , pois o som era ensurdecedor.

Viu reluzir um objeto naquela escuridão que se havia instalado naquele escritório, observando que a mão que o segurava era a de sua mãe, e que segurava com perícia.

O eco dos tambores fazia se ouvir cada vez mais alto , o que fez com que ele leva se as suas mãos até os seus ouvidos com a intenção de abafar um pouco, aquele som que parecia que lhe ia romper os tímpanos a qualquer momento. Ao mesmo tempo viu que sua mãe travava uma luta com algo que ele ainda não tinha conseguido visualizar , mas que conseguia ouvir pois tanto a voz de sua mãe como a outra, continuavam aos gritos naquele estranho idioma.

Foi novamente surpreso por uma nova presença , desta vez ouvia a voz de seu pai que gritava desesperadamente por sua mãe…

Também ele trazia consigo um objeto que reluzia naquela escuridão , mas parecia trazer também consigo algo mais . Algo que permitia aos presentes ver um pouco naquela escuridão , algo que refletia uma luz branca, não muito forte, mas era suficiente para ver o poderoso adversário de seus pais, pensou ele ingenuamente.

Aquela poderosa forma movia se com muita rapidez , parecia não ter sido feita para ser visível para os olhares humanos. Notou que seus pais tinham algo em suas caras , parecendo lhe ser umas espécies de lupas que haviam colocado em seus olhos.

Um forte eco , uma batida mais alta de tambores fez se sentir ,e nesse mesmo momento viu que os seus pais flutuavam no ar ,e via que sangravam de vários ferimentos….

Continua…

18 comentários

          1. Oh you are so kind my dear Sonia, but really I am not so beautiful, I am just a woman… That are your kind eyes seeing what your beautiful human being such as yourself see 🌹😍😍😘😘😘🙏

            Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s