The love spell -Part XIV


E o Dr. Mauro estava certo , sua intuição como profissional de saúde, como excelente médico que era , sabia que não havia mais nada a fazer por Francisco. Este havia desistido por completo da vida , de viver, e as fortes oscilações dos seus sinais vitais , demonstravam exatamente isso.

Cabisbaixo, aproximou se de um colega e disse lhe:

Dr. creio que a única coisa que poderemos fazer por Francisco , é diminuir um pouco o seu sofrimento ,enquanto esperamos o inevitável , pois sinceramente , o colega sabe tão bem como eu , que não o vamos salvar.

Ao acabar este discurso com um amargo em sua voz, Dr. Mauro afastou se , sem olhar mais para aquela cama onde o corpo de Francisco agonizava ainda. Tinha mais uma tarefa a cumprir , falar com o inspetor .

O inspetor encontrava se perto do quarto onde estava Madalena .Felizmente , os médicos tinham lhe dado alta , o estado de Madalena era muito positivo e apenas requeria repouso , o que poderia ser feito em sua casa.

Ao ver Dr. Mauro aproximar se , o inspetor sentiu que este não era portador de boas noticias, ao contrário daquilo que tanto esperava. Tinha se precipitado ao pensar em Francisco como culpado , na onda de assaltos que haviam ocorrido há duas noites atrás. Após aguardar pacientemente pela ordem dos médicos de Madalena, para lhe poder fazer algumas perguntas , Madalena contou com alguns pormenores , o que ocorrera naquela noite e ao dar as características físicas do assaltante , nenhuma indicava para Francisco. O inspetor havia sido inteligente o suficiente ao não ter mencionado a Madalena , o facto de Francisco estar em risco de vida , apenas como precaução na veracidade dos pormenores do assalto. Sentia uma estranha sensação de empatia e ao mesmo tempo de piedade , tanto por Madalena como por Francisco, sensações que foram crescendo dentro de si , sem que entendesse muito bem o porquê.

Lá em cima na escuridão do vasto universo , a bruxa vestida de preto não tinha parado de chorar lágrimas de sangue, e aquela forma poderosa e estranha havia chegado até si. Os seus poderes estavam demasiado fracos , e ela estava praticamente cega , o que significava que estava completamente indefesa e á mercê fosse do que fosse.

A poderosa forma finalmente estava diante dela , e num lapise , numa fração de segundos absorveu a bruxa vestida de preto , e antes de desaparecer para sempre , apenas se ouviram as seguintes palavras…

Perdão…

Continua ….

Obrigado a todos os que lêem e apreciam o meu blog, um bem haja a todos vós! 🌹💖

3 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s