Oh my bad, ups


E irei sempre pensar assim , os meus dias são feitos de lembranças , muitas colocam no meu rosto um tímido sorriso outras uma lágrima nos meus olhos…

Saudades , eu já senti porém hoje acredito no que vejo , não no que ouço e as saudades já não fazem mais parte de mim…

Saudades sinto daqueles que já partiram antes de mim, por isso não tenho saudades daqueles que estão vivos e que não se lembram de mim…

Aprendi a colar novamente em mim , todos os pedaços estilhaçados dentro de mim, porém aqueles que não voltam a colar é porque já não fazem parte de mim…

Já quis mudar tanta coisa , já quis fazer do impossível o possível , do feio o bonito , mas afinal o que sobrou para mim?!

Ganhei pó naquela prateleira , fui marioneta num circo sem fim , tudo porque não sabia dançar a triste melodia do fim….

Neguei tantas vezes aquilo que não me estava destinado , que quase perdi a noção do sim…

Pintei vezes sem conta o meu mundo da cor do alecrim , contudo não era essa cor que faria sobressair o mais alegre dos cinco sentidos … e ups quase foi o fim.

Assim peguei novamente numa lata de tinta , pintei de vermelho , e o meu mundo finalmente ganhou um sim!

Obrigado a todos os que lêem e apreciam o meu blog, um grande bem haja a todos vós!

6 comentários

  1. Wow, so genuinely beautiful. I have done damage to others such that I wish I was destroyed as consequence. Do I deserve that or not? If it allows me the freedom to no longer have to wake each morning knowing how awful I have been in the past, should I be allowed the gift of no longer punishing myself daily? Or better perhaps to allow me to live out a full life of constant reminder and self-de-aggrandizement? I leave it to my victim to choose to their betterment. In the meantime, all I can do is to attempt to deal others so much better in their favor with love and forgiveness as much as without limit.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Sabes quando muito cedo, numa idade muito jovem nos é diagnosticado uma doença crónica genética, sofremos por inúmeras razões e motivos, e sim aprendi a ser mais profunda perante a minha realidade!

      Curtir

      1. Sim posso dizer que felizmente não passei por isso,mas o que te posso dizer é que já passei por situações também difíceis ,nao sei se tão dificeis como a tua situação, mas o que aprendi é que o modo que olhamos a vida será a forma que iremos viver nesta vida ,por isso quando focas em coisas boas ou quando entenderes que a tua situação poderá ajudar outras pessoas a superarem e te sentires bem a fazer isso ,com certezas olharás a vida de uma maneira mais feliz e leve…

        Curtido por 1 pessoa

        1. Foi uma das razões que me levou a criar o meu blog, obrigado Nuno.
          Se achares que é importante ou que é de teu agrado, também podes partilhar algum post meu , ou não.
          De qualquer forma, estou grata pelas tuas palavras, obrigado!

          Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s