The child that exists in us


Olá caros leitores,

Tenho a certeza que cada um de nós tem lado infantil dentro de si, uma criança que de vez em quando desperta e nos leva de volta á nossa infância.

Como não poderia ser de outra forma , através da aplicação Snapchat , eu hoje fui andar de baloiço , recordando um pouco os momentos e a altura que fui criança.

Eu não deixo de utilizar esta aplicação, pelas inúmeras e caricatos adereços que posso utilizar , e com os quais já me divirto há alguns anos.

A infância é a melhor época de nossas vidas ,embora quando somos crianças o nosso maior desejo seja querermos ser adultos. Estamos sempre ansiosos por atingir a idade adulta , sem termos consciência daquilo que isso realmente significa .

Este ano completei 45 anos de idade , 45 primaveras, verões , outonos e invernos , e não tenho qualquer tipo de problema em dizer a minha idade real , nunca tive , cada idade pode ser maravilhosa desde que o queiramos mesmo. Cada idade tem algo para nos ensinar , e adquirimos a experiencia necessária para continuarmos a viver .

Quanto mais sorrirmos para as nossas idades e as aceitarmos , mais felizes seremos independentemente da idade que tenhamos. Como sabem , eu já sou avó de uma linda princesa a minha Diana , mas não é por isso que me sinto mais velha ou que tenha que me comportar de outra forma , porque sou como sou sendo avó , mãe , esposa , filha e neta .

Agarrei novamente a minha vida e gosto de mim como sou , sem me incomodar com quem goste de mim ou não , sei que as pessoas certas gostam e isso para mim é mais do que suficiente. Nunca serei outra pessoa senão eu , e tenho os meus momentos infantis que compartilho quase sempre com o meu filho mais novo , por vezes parecemos duas crianças a rir sentados no chão de algo que acabamos de contar um ao outro …conseguem imaginar maior e melhor cumplicidade do que a de mãe e um filho?!

Eu não , mas eu sou perdida de amores pelos meus filhos , são mesmo a minha melhor parte , e a qual tenho um orgulho que não vos consigo descrever por palavras, se existe algo do qual tenho muito orgulho é da minha família, lutei muito para te la !

Posso dizer que tenho o necessário e que desempenhei bem a minha função .

O facto de ter uma doença não me impediu de ter a minha família e de fazer sempre tudo o que pude e por vezes o que não pude para mante la unida , e eu era muito nova quando a minha doença foi declarada (2001) e os meus filhos muito pequenos ainda , por isso eu sempre tive a força necessária para enfrentar e tentar vencer as batalhas que a minha doença me apresentava e apresenta , quebrando as estatísticas e as barreiras que ela sempre me colocou . Construi algo muito importante , uma família!

E se os meus , se toda a minha família e aqueles amigos que eu tenho que fazem parte dela , gostam de mim assim , não posso desejar mais .

Sou sempre fiel a mim mesma , e o resto é isso mesmo …o resto!

Espero que continuem a acompanhar o meu blog e a minha escrita, obrigado e um grande bem haja a todos vós! 🌹💖

17 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s