The Magic Beans -Part III


Olá caros leitores,

Ambas criaturas dançavam de alegria ao ver aquele homem deitado no chão , num sono profundo!

Cantarolavam uma espécie de cântico numa linguagem estranha e incompreensível aos ouvidos dos meros mortais , estas duas criaturas eram o oposto da pequena fada do inicio do conto , estas personificavam o oposto da bondade , da generosidade, e não eram fadas mas sim feiticeiras muito poderosas que assumiam a forma humana e rejuvenesciam as suas belezas através de um alimento, a alma de um ser humano generoso.

Pegaram no corpo daquele gentil homem e colocaram no muna cama , despindo o deixando seu corpo tal e qual veio ao mundo. O ritual que se seguia estava cuidadosamente preparado , apenas tinham que esperar que o homem acorda se , o que não faltaria muito tempo para acontecer , pois aquele liquido colocado em sua cerveja tinha apenas servido para um breve sono ,a fim de lhes facilitar suas intenções!

Seus corpos apenas cobertos por um tecido fino , oscilava a cada movimento de dança que as feiticeiras faziam continuamente , prosseguindo também com os cânticos, finalmente o homem despertou!

Completamente atordoado , tentou mexer se sem sucesso porque estava preso á cama , pelos braços e pernas , tentou falar mas a sua voz não se fazia ouvir ficando abafada pelos cânticos das feiticeiras. O único pensamento que estava em sua cabeça era porque havia ele sido tão ingénuo e porque o tinham escolhido a ele, não tinha posses , nem dinheiro . A feiticeira de olhos hipnotizantes aproximou se dele , sorrindo ao mesmo tempo que lhe dizia que ele não necessitava de ter medo, que nenhum mal lhe iria acontecer. Ao mesmo tempo que ouviu aquelas palavras , sentiu o seu corpo a ficar frio e cheio de arrepios, algo estava muito errado , conseguia sentir isso com toda a certeza.

As feiticeiras deitaram se uma de cada lado do gentil homem, e a de olhos castanhos , a mais experiente tinha numa de suas mãos um pequeno punhal , passando o pelo tronco nu daquela pobre alma, sorria e os seus olhos estavam muito abertos e percorriam o corpo a procura do sitio exato para utilizar a lâmina do punhal . Parou assim que a lâmina passou perto da zona do ventre daquele homem , ali era mesmo ali .Fez um pequeno e perfeito corte aproveitando o sangue que escorria , não era necessário muito. A outra feiticeira de olhos hipnotizantes, aproximou se e com os seus lábios beijou suavemente o pequeno corte aberto, seus lábios ficaram pintados com um vermelho brilhante , com o sangue daquele homem , e quando terminou o corte tinha fechado. As feiticeiras falavam entre si numa linguagem que o homem não conseguia entender , e ele não tinha sentido a menor dor com aquele corte , no entanto estava apavorado , temeroso não por sua vida , mas pela vida daqueles que amava mais que a si mesmo. Suplicou ás feiticeiras que o deixassem ir , que não compreendia o que lhes podia oferecer pois era pobre , foi então que a de olhos castanhos lhe deu a merecida explicação.

Disse lhe que ele era uma pessoa muito rica , que possuía algo que muitos desejavam , ele tinha em si correndo em seu sangue , amor mas um amor tão puro e verdadeiro como á muito elas não tinham provado , em seus troféus anteriores e que o sangue dele lhes proporcionaria um rejuvenescimento maior e lhes iria prolongar as suas formas humanas por mais tempo também , por conter tamanha riqueza e pureza. O homem sentiu se completamente derrotado ao ouvir aquela explicação , estava tudo perdido e o único culpado era ele. As feiticeiras ficaram radiantes quando sentiram o sangue em suas bocas , ah como era bom o paladar de um sentimento tão puro!

Por breves momentos o homem suplicou que o matassem ,que não merecia viver sem aqueles que mais amava , pois sabia que os havia traído , foi então que a feiticeira de olhos hipnotizantes se aproximou dele e lhe disse que sua família tinha morrido, no momento em que ele lhe tinha dado boleia e tocado em sua mão ajudando a a subir em seu cavalo, e que não lhe restava mais nada ,que tinha desperdiçado os desejos concedidos pela pequena fada, e que durante aqueles anos todos tinha sido dos homens mais ricos e felizes ao cimo da terra , porém assim que a tentação se apresentou á sua frente , ele não hesitou em pensar como um homem vulgar, deixando a luxuria tomar conta de seus desejos, deixando a ganhar ao amor! Por muito puro que o seu sangue e o seu amor fosse , a tentação ganhou , fazendo o perder para sempre aquilo que mais importante existe…tornando se assim apenas mais um troféu naquela parede!

FIM …THE END!

8 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s