nightmares of 2 cents


Olá caros leitores,

Certamente que todos nós já tivemos pesadelos, aqueles sonhos que por vezes fazem com que acordemos assustados a meio da noite , e nos impedem de continuar a dormir tranquilamente.

E por acaso , já alguma pensaram que muitos desses pesadelos representam na maioria das suas vezes , os nossos medos?

Representam aquilo que mais tememos que nos aconteça, que aquilo que sonhamos se torne realidade…Acontece , somos humanos todos nós sentimos medo de alguma coisa.

E se de repente ,começássemos a catalogar ou a colocar um valor nos nossos pesadelos?

Será que iria resultar? Será que eles deixariam de acontecer?

Eu estou a fazer uma experiência com os meus pesadelos, e vou contar vos um pouco acerca da minha experiência , a única coisa que não vos posso ainda responder, é se irá resultar, pois ainda está na fase experimental.

Eu estabeleci um valor em cêntimos aos meus pesadelos. Para começar estabeleci um valor numa moeda tão baixa , propositadamente como forma de os desvalorizar ainda mais , e por cada vez que os tenho além de lhes atribuir um valor , retiro de minha carteira a moeda referente a esse mesmo. Por exemplo se eu estabelecer o valor de dois cêntimos , ao meu pesadelo , pela manha retiro essa moeda da minha carteira e guardo a dentro de um frasco. E o valor máximo que estabeleci foram dois cêntimos , os pesadelos não devem ter valor ou qualquer tipo de importância , mas contudo não devem ser ignorados ou oprimidos.

Os meus pesadelos são reflexos de assuntos mal resolvidos na minha vida , e por isso não os considero como medos , porque quando os tenho é como se estivesse a reviver aquelas situações novamente . Se me perguntarem se tenho medo de as voltar a viver , posso vos dizer que sim , mas contudo sei que não me iria permitir passar novamente por elas , e isso para mim é a vitória que eu necessitei um dia. E sei que continuo a te los , porque não me permitiram colocar o verdadeiro ponto final , fazer aquilo que realmente quis fazer naquela altura, e isso para mim representa pontas soltas em minha vida, mas felizmente e sou grata por isso vão sendo cada vez menos frequentes. E posso constatar isso mesmo , quando espreito o frasco onde guardo as minhas moedas de cêntimos , o que para mim é outro lado da minha vitória.

Não vos estou a dizer para o fazerem , tal como escrevi num paragrafo anterior , é uma experiência pessoal que estou a fazer ,mas que resolvi partilhar convosco e sei que muitos de vocês , irão pensar que estou louca , mas deixe me se lo , porque ser normal e igual a todos foi algo que nunca desejei ser.

Vivo a minha vida sob as minhas crenças, sob a forma que acredito ser a melhor para mim, sem querer que alguém siga o meu exemplo ou as minhas pegadas , porque nunca quis ser exemplo para ninguém a não ser eu mesma, talvez por isso nunca tenha sentido inveja de ninguém. Gosto de mim tal e qual eu sou , e a cada dia que passa a opinião dos outros a meu respeito conta cada vez menos , porque sei que serei a sorte para alguns e serei o azar para outros.

Serei a sorte para aqueles que saibam me respeitar e me aceitem tal e qual como sou , diferente, mandona, chata mas com um coração genuíno. E serei o azar para aqueles que me tentem fazer mal novamente, ou para aqueles que caso me percam desta vez será uma perda definitiva, porque para mim o mais importante é e terá que continuar a ser a minha saúde , doa a quem doer!

Espero que continuem a acompanhar o meu blog e a minha escrita, obrigado e um grande bem haja a todos vós! 🌹💖

8 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s