Pretend you are dead


Olá caros leitores,

Existem alturas em nossas vidas em que temos que fazer de conta , fingir que estamos mortos 😂😜, estamos ali mas não estamos !

Deitamos nos confortavelmente , fechamos os olhos e pedimos que esqueçam as nossas existências , para ter um pouco de paz e podermos relaxar um pouco. Ainda não experimentaram?! Eu também não , mas há pouco tempo deram me esse conselho , e da próxima vez que sentir a necessidade que o mundo esqueça um pouco a minha existência , irei experimentar😜😜

Irei escolher um lugar que ache confortável , deitar me e fingir me de morta , e para assustar um pouco vou permanecer de olhos abertos 😂😂😂, estou a brincar obviamente , eu tenho um sentido de humor um pouco estranho porque consigo brincar muitas vezes com aquilo que é serio, mas eu sou mesmo assim , não há nada a fazer!

Mas este conselho poderá ser levado em conta , e poderemos coloca lo em prática , desligando todos os nossos sentidos. Visão, tato , audição, olfato e paladar!

Ficando assim em estado quase inanimado para o mundo, existindo apenas o nosso corpo ali presente , enquanto as nossas mentes tiram breves momentos de relaxamento, merecido!

Quem me deu este conselho , já o colocou em prática e disse me que é uma sensação revigorante , que conseguiu abstrair a sua mente e que sentiu mesmo que o mundo se tinha esquecido de si. E assim recarregou as suas energias , as suas baterias explicando me que por vezes é necessário fazer isto, e nem sempre as pessoas nos compreendem ou permitem que nós o façamos . Mas existem alturas em que o resto do mundo necessita de esquecer que existimos , e necessitamos de estarmos sós , em nossas conchas!

É verdade que não é fácil , e que temos uma vida tão stressante e atarefada, com inúmeras responsabilidades e um milhão de coisas para fazer , mas para que consigamos ter a energia suficiente para o fazer precisamos ter as nossas energias recarregadas, e aquele conselho soou me realmente muito bem!

Eu adoro ter o meu momento a sós , apenas usufruir da minha companhia , e já aprendi a desligar me quase na totalidade quando pretendo ter um, é precisamente o momento em que recarrego as minhas energias. É difícil por vezes que me compreendam , mas o importante é o meu bem estar e a minha condição física que tanto exige de mim , e houve tempos em que me levei ao extremo, porque não me permitia descansar enquanto não termina se tudo primeiro.

No entanto a evolução da minha doença obrigou me a abrandar o meu ritmo , e realmente o que outrora eu conseguia medir forças com ela , de há um tempo para cá que já não é bem assim, e levei um determinado tempo para aceitar toda esta nova condição .Mas de nada me valeria continuar a teimar com este meu inimigo , porque quando ele diz “stop”, é mesmo para parar.

Fazer as coisas de outra forma e com outro ritmo não representa que não sejamos capazes de o fazer , e quanto mais depressa o aceitarmos , melhor será para nós , ou para as pessoas que se encontrem numa situação semelhante á minha ! Não é sinal de fraqueza, é sinal de exautão!

Por isso da próxima vez que me sentir verdadeiramente exausta, irei fingir me de morta 😂😂😂😜 😁

Espero que continuem a acompanhar o meu blog e a minha escrita, obrigado e um grande bem haja a todos vós! 🌹💖

4 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s