selfish love


Olá caros leitores,

Aí o amor …esse sentimento que é necessário que sintamos , mas será bem assim ?!

Depende do género de amor ,porque na minha opinião existem vários tipos de amor. Sim , concordo que tenhamos que sentir amor em nossas vidas , porém o amor é um sentimento que pode provocar uma série de contrariedades em nossas vidas, tornando nos mais implacáveis, se necessário for!

Eu não sou necessariamente uma mulher romântica, e não o sou por decisão minha , porque para mim tudo tem que funcionar pela lógica , tudo para mim tem que fazer sentido, e representar um papel , bem para mim não faz qualquer sentido, nunca fez…

Tenho uma personalidade difícil e diferente , vejo os factos reais e não a fantasia , acredito naquilo que vejo e não acredito naquilo que ouço, porque nenhuma palavra acompanha tão bem um sentimento como uma atitude. Claro que acredito no amor , mas não acredito que não seja possível viver sem o amor , porque existe um género de amor muito importante, e que tem que ser a base antes de todos os outros , o amor próprio.

Andei a ouvir esta “lenga lenga”, durante 16 anos , pensando que na pratica não seria possível para mim, ser assim amar me antes de amar qualquer outro ser , pois só assim conseguiria ter uma amor estável e saudável, pois …E fui me descuidando cada vez mais comigo mesma , até chegar ao dia em que bati mesmo lá no fundo e com toda a força!

Se foi por falta de aviso?! Obviamente que não, foi por eu ser demasiado teimosa e anular a minha existência, o meu direito de existir como pessoa individual sem rótulos, ser apenas e só a Carla!

Não sei porque mas não me achava com esse direito , quis ser tudo para todos menos para mim, não quis falhar com ninguém ,não quis abandonar ninguém …E errei muito , mas muito mesmo porque abandonei todos , falhei com todos porque o fiz primeiro a mim mesma!

Se me arrependo , claro que não ! O que está feito está feito , e sou uma mulher que só se arrepende daquilo que não fez!

Mas hoje em dia o meu amor próprio vem em primeiro lugar, e com isso aprendi a amar os outros aqueles que me são importantes de uma forma muito mais saudável, sem me sentir egoísta ao faze lo. O amor que sinto pelas pessoas que me são importantes continua , e continuo a fazer aquilo que me é possível , no entanto se tiver que lhes dizer que não , faço o sem problemas . Outrora anulava todos os meus planos , tudo o que fosse de minha vontade para satisfazer primeiro a dos outros , e fui ficando cada vez mais para trás, perdi tempo que nunca mais irei recuperar. Aprendi a ser grata por tudo o que tenho e construi na minha vida , o bom e o mau, a aceitar tudo!

Aprendi também a retirar o poder que através do sentimento do amor , tinham sobre mim, porque esse poder apenas me causou sofrimento e quase a minha destruição , e fui eu quem o permitiu ao deixarem que brincassem com os meus sentimentos , com o amor que sentia .

Desilusões é algo que faz parte da vida de todos nós , mas existem uma série delas que podem ser evitadas , principal aquelas que nós não as conseguiríamos fazer, ou seja , a velha “lenga lenga” de não fazer aos outros aquilo que não gostaríamos que nos fizessem a nós. Esquecemos nos sempre ,que um dia o feitiço se pode virar contra o feiticeiro ,e que todos nós estamos começados e não estamos acabados , e que chegará o dia que a vida nos dará uma grande lição!

Amor próprio não é sinonimo de egoísmo , é sinal que gostamos de nós , que valorizamos a nossa vida e que estamos cá para sermos felizes ,da melhor forma que conseguirmos…É tão simples ,verdade?!

Por isso nunca se esqueçam de vocês , nunca se anulem e acima de tudo tenham orgulho em vocês próprios , pois cada um de nós é lindo á sua maneira!

Espero que continuem a acompanhar o meu blog e a minha escrita, obrigado e um grande bem haja a todos vós! 🌹💖

12 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s