Far far away…


Olá caros leitores,

Longe , muito longe mesmo… E ainda não á distância suficiente!

Mantermos nos longe da negatividade ou daquilo que nos puxa para baixo , e que nos empurra para o abismo , é algo que necessitamos fazer , por vezes custa , mas estou certa que o que custa mais é dar o primeiro passo ou tomar essa decisão, depois será simples.

Quando precisamos manter o nosso equilíbrio emocional , físico e psicológico devemos fugir a sete pés , daquilo que nos possa prender com amarras á negatividade… mais uma vez se é fácil?!

Bem , meus queridos leitores, a pessoa que vos está a escrever , é uma pessoa que ainda está no inicio de um processo muito longo e demorado de recuperação desses três estados , pois eles complementam se , no entanto , a vontade de não desistir e o amor que tenho á minha vida ,faz com que mesmo perante as contrariedades que se vão apresentando perante mim, eu não desista e me afaste daquilo ou até mesmo de quem me queira puxar novamente para o abismo.

Saí dele á muito pouco tempo , e prometi a mim mesma que não voltaria , e essa promessa eu irei cumprir , doa a quem doer!

Testemunhei muitas queixas , já vi tantas pessoas se queixarem porque apenas não querem resolver os seus problemas , e foram precisamente pessoas como essa que me apontaram o dedo quando me decidi que não me calo mais , que não volto a sufocar com assuntos mal resolvidos , para mim não passam de cobardes , e se um dia enfrentassem aquilo que eu enfrento diariamente, estou certa que morreriam de susto. Mas cada um é como é , mas eu tenho todo o direito de me afastar da negatividade, porque desta vez a escolha pertence me e não abdico dela. Eu acredito mesmo que o melhor ainda está para vir , que as minhas lutas vão ser recompensadas e que aquilo que mais desejo se irá concretizar, por alguma razão a vida decidiu dar me uma segunda e última oportunidade , e eu tive a coragem de sorrir á morte , de enfrenta la , batendo o pé …fui eu ninguém mais !

Os medos que eu tinha abandonaram me felizmente , a partir do momento que desliguei o meu botão emocional , desde o momento em que comecei a gostar mais de mim, a viver para mim, afinal se uma doença não me consegue vencer porque haverei eu de permitir que a maldade alheia me vença?! Pois é as minhas prioridades andaram todas trocadas durante anos e anos a fio, coloquei todas m primeiro luar , gostei mais deles do que de mim , e fui avisada vezes sem conta que iria atingir um estado completo de esgotamento total , mas eu estupidamente não quis ouvir, e lá fui fingindo viver á sombra dos outros e por eles.

Considerem me egoísta, mas cumpri todas as missões que tinha a cumprir com os outros , agora é a vez de me dedicar de corpo e de alma á minha missão , porque a minha vida depende dela, e ao fazer isso poderei continuar a acompanhar aqueles que sei que torcem pela minha vitória , esses são para mim os mais importantes , o resto é mesmo isso , o resto!!

Estou longe , bem longe, mas ainda não o suficiente , mas todos os dias eu caminho mais além!

Uma vez
Mensal
Anual

Faça uma doação única

Faça uma doação mensal

Faça uma doação anual

Escolha um valor

$5.00
$15.00
$100.00
$5.00
$15.00
$100.00
$5.00
$15.00
$100.00

Ou digite um valor personalizado

$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Faça uma doaçãoDoar mensalmenteDoar anualmente

Espero que continuem a acompanhar o meu blog e a minha escrita, obrigado e um grande bem haja a todos vós! 🌹💖

4 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s