Do not married with death!


Olá caros leitores,

Não casem nunca com a morte , ela tentará sempre levar vos com ela antes do tempo…

Eu sinto que casei com a morte em 2001, quando me foi diagnosticado um cancro no colo do útero , porque desde então a minha vida tem sido um constante plano de fuga ,ao inevitável.

Mas enquanto eu for dizendo que não e agarrando me com todas as minhas forças á vida, a morte é apenas o meu amante , e eu irei brincando com ela, até chegar finalmente o meu dia!

Só quem tenha vivido uma experiência em que sua vida tenha corrido perigo , é que consegue compreender a minha mensagem , e aqueles que tal como eu tenham que aprender a viver com uma doença.

Por vezes , sentimos nos tão cansados da sua companhia constante , que apenas desejamos que nos deixe em paz sossegados em nossos cantos , para recuperar um pouco de folego e animo para continuar…somos humanos!

Não existem super heróis , meus queridos leitores , existem si pessoas corajosas , que muitas as vezes apenas querem que lhes deem o devido valor , sem a necessidade de o terem que pedir.

É mais fácil criticar do que ajudar , e é bem mais fácil fugir de alguém que tenha problemas tão graves , como é ter uma doença do que ser capaz de ficar independentemente de tudo, para o bem e para o mal , na saúde e na doença….

É tão mais simples dizer do que fazer, porque na hora em que tudo complica , na hora da verdade , é vê los a fugir inventando uma serie de desculpas , ou então existem aqueles que fingem que estão apenas porque sim , porque se acomodaram a uma situação , quando na verdade todas as suas atitudes provam precisamente o contrário.

Não é fácil estar ao lado de uma pessoa com problemas de saúde tão graves, também eu já estive desse lado e experimentei a sensação de completa impotência para ajudar alguém, mas sei que estive sempre presente principalmente nos momentos mais difíceis.

Casar com a morte é uma união da qual não existe a possibilidade de pedirmos o divórcio, essa ruptura não é uma possibilidade, nem nunca o será… Aliás é como se fosse um casamento para o qual fomos prometidos, desde o momento em que nascemos.

Infelizmente para uns esse matrimónio é algo que surge bem cedo, e que os acompanha ao longo do percurso da vida.

Essas pessoas são aquelas que mais se agarram à vida, que mais vontade têm de viver independentemente das quedas que possam dar, são aquelas que muitas lágrimas derramam pela calada, quando estão sozinhas.

Eu aceitei a minha amante, aprendi a conviver com ela, e também ela me ensinou algo de muito valor, algo que os outros não compreendem, a brincar e a sorrir perante o perigo.

Foi também ela quem me sussurrou ao ouvido há três anos atrás que eu deveria desligar o meu botão, o botão que dava permissão para me magoarem, porque já anteriormente eu tinha vivido uma situação muito semelhante, mas quis novamente e estupidamente dar novas oportunidades, quando quem sempre precisou e quem sempre também tinha o poder da escolha, era eu e ninguém mais.

Foi também ela quem me fez ver que quando se vive na terra onde a mentira é uma constante, toda a verdade soa a falso, e como tal nada melhor que congelar o que impede de sentir, assim deixei que a minha amante toma se conta dessa parte de mim e sinceramente desde que o fiz, sinto me muito mais liberta, leve e positiva.

Aceitar o inevitável e torna lo no nosso melhor amigo, no nosso confidente, no nosso amante, acreditem que não é assim tão assustador como possa parecer, porque afinal aquilo que não nos mata, fortalece nos!

Espero que continuem a acompanhar o meu blog e a minha escrita, obrigado e um grande bem haja a todos vós! 🤗🌹😊

4 comentários

  1. You are a strong woman, Carla, whose courageousness and positive outlook is an inspiration to others facing serious health conditions. I can recall through an earlier writing how you were present for a beloved relative, until the end, sharing your love and support through a difficult period. That’s what it’s about – acts of kindness and decency, helping others when your love and concern is really what’s most needed, from the heart and without hesitation. God bless you, my dear friend 🙏🌹🤗

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para Phil Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s