love is a type of dance that only two can dance 💃🕺


Olá caros leitores,

O amor é um tipo de dança onde apenas duas pessoas o podem dançar, é como aquele género de dança, onde duas pessoas dançam agarradinhas uma à outra, o slow!

No amor é assim que funciona, quando existem mais que duas pessoas numa relação, então é porque deixou de o ser.

Se numa relação fosse possível a existência de mais do que duas pessoas, não se chamaria de monogamia, certamente…

É tudo uma escolha, tudo passa por uma decisão, e não compreendo porque razão é que é tão difícil de compreender.

Todos nós poderemos fazer uma escolha errada, ou não nos identificarmos mais com ela, mas isso não significa que tenhamos que ser incorrectos, com quem nunca foi connosco.

Brincar aos papás e às mamãs, é algo que se faz e que se deve fazer quando somos crianças, não quando somos adultos.

Ah! Por momentos, quase me esqueci…

Mas a carne é fraca…

Dizem os mais desfavorecidos em imaginação, e então utilizam este velho cliché. Culpem outra coisa, porque a única carne fraca, é a dos fracos.

Quem é que nunca passou por um momento de tentação, que ponha o braço no ar?!

Não se esqueçam nunca da regra número 1, nunca mentir a nós mesmos!

Claro que sim, todos. A tentação já nos testou a todos, sem excepção porém alguns decidiram marcar pela diferença, uns arrependeram se por não terem cedido à tentação, outros terão orgulho até ao final de suas vidas. É assim que o ser humano funciona.

Todos possuímos o bem e o mal dentro de nós, todos temos a nossa parte boa e a nossa parte má, mas será sempre a nós, que caberá decidir no qual lado, nos sentimos mais confortáveis e felizes. E o que para uns pode parecer errado, para outros pode parecer certo, depende da perspectiva de cada um, mas nunca deveremos arruinar a vida de ninguém, porque causa das nossas escolhas. Simples, muito simples.

Isso de dançar em grupo, é uma arte que, por exemplo, as companhias de ballet praticam, mas fazem no por fazer parte do seu espectáculo de performance, e uma relação não deveria ser vivida como um espectáculo. No entanto há quem faça de uma relação, um verdadeiro espectáculo, em que um dos personagens principais é o palhaço. E tudo fica arruinado quando o palhaço se farta do espectáculo!

Existe um ditado que eu particularmente gosto muito, “um dia o feitiço, vira se contra o feiticeiro”, é uma realidade na vida, todas as acções que praticamos um dia têm o seu retorno….

Eu que nem sequer sei dançar, nunca me imaginei a dançar em grupo, sou da velha escola. Quando danço, apenas o faço com uma pessoa, porque foi a escolha que eu fiz, e não me imagino a pertencer a uma companhia de ballet para dançar em grupo 😁😁, mas tal como eu escrevi, sou de outro tempo, de outros costumes!

Por isso acho muito importante que quando fazemos a escolha do nosso parceiro para nos acompanhar na dança da vida, o saibamos fazer, e possamos escolher o que acompanhe o ritmo e a sua melodia!

Espero que continuem a acompanhar o meu blog e a minha escrita, obrigado e um grande bem haja a todos vós! 🤗🌹😊

4 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s