The note book


Olá caros leitores,

Um caderno… Um caderno especial ,guardado no fundo de uma gaveta.

Quem quando era criança nunca teve um caderno assim especial, e o guardava como um tesouro escondido no fundo de uma gaveta?

Eu sei que isto é mais o género de ser uma menina a faze lo , e não um menino …As meninas é que gostam de ter um caderno ao qual se dá o nome de diário, onde escrevem as suas aventuras os seus pensamentos.

Eu tive um caderno assim , porém não lhe chamava de diário , porque ao contrário do normal , eu não escrevia sobre o presente, mas sim sobre o futuro e sobre aquilo que tanto desejava ser ou viver .Também não o guardava no fundo de uma gaveta ,porque o meu caderno não possuía, segredos. Curiosamente, esse caderno acompanhou me ainda por muitos anos, mas após tantas mudanças , acabei por perde lo, com muita pena minha!

Seria muito engraçado , poder ler aquilo que eu escrevi quando era mais nova , embora eu tenha na minha memória , aquilo que lá estava escrito .Acho importante que tenhamos sonhos , tanto em crianças como em adultos, pequenas ou grandes ambições que tanto desejamos concretizar, e se o começamos a fazer em crianças , isso é um sinal indicativo de criatividade e de inteligência.

Eu sempre imaginei o meu futuro , sempre ambicionei ser alguém com uma personalidade que se destaca se por alguma razão , e essa razão seria a minha inteligência, e as minhas capacidades intelectuais. Nunca fui muito materialista, nem nunca fui uma criança com vaidade em excesso , sempre gostei de brincadeiras inteligentes que me estimulassem o cérebro .

Lembro perfeitamente que ,as minhas brincadeiras favoritas eram, eu imaginar que era uma professora, onde fazia de conta que as minhas bonecas eram os meus alunos, ou então uma advogada onde uma vez mais, as minhas bonecas eram os meus clientes. Sou filha única, por isso, não me restava outra opção, senão aprender a brincar sozinha , porém eu gostava e perdia- -me , nas horas e tinham que me chamar quando chegava as horas das refeições!

E possuía a criatividade e a imaginação ,de fazer as minhas brincadeiras durar horas e horas a fio, sem me queixar ou me aborrecer. Eu fui uma criança feliz, tinha o meu mundo ,mas era um mundo onde não me faltou nada. Para muitos poderá ser considerada uma infância infeliz ,pela questão de eu brincar sozinha com as minhas bonecas , porem garanto vos que não penso dessa forma, e quando ia para a rua brincar com as outras crianças , as únicas brincadeiras que me levavam a ficar na rua a brincar com elas, eram à apanhada ou às escondidas.

Aquele caderno possuía todos os meus sonhos e ambições , tudo aquilo que eu desejava que me acontece se quando me torna se adulta. Sempre fui uma criança muito objetiva e com determinação , nunca fui muito de hesitar,..tinha muita vontade de aprender coisas novas , conhecer outros povos ,outras culturas , de viajar de ver o mundo com os meus olhos. E era isso que eu escrevia no meu caderno, e por vezes funcionava como uma espécie de lembrete a mim mesma ,à medida que fui crescendo .Nada do que escrevi naquele caderno se tornou realidade , mas não me sinto uma pessoa fracassada, porque a decisão de não tornar nada disso possível ou real , foi minha quando optei por ter o meu filho aos 16 anos!

E agora com 44 anos ,retomei algo que quando era criança já adorava fazer, escrever .Apenas mudei o contexto , claro , agora escrevo sobre as minhas experiencias de vida , sobre o que já vivi até agora, mas por vezes penso que afinal a escrita sempre foi a minha verdadeira paixão , porque já em criança eu adorava faze lo e inconscientemente não o sabia!

Espero que continuem a acompanhar o meu blog e a minha escrita, obrigado e um grande bem haja a todos vós! 😊🌹🤗

8 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s