Após a queda 🤫


Olá caros leitores,

Queda após queda, após queda, somos todos seres humanos, cheios de emoções, personalidades que nos distinguem uns dos outros, e alguns de nós demoram mais tempo a recuperar após uma queda!

Não me refiro a uma queda física, mas sim a uma queda emocional ou psicológica, para mim são as mais difíceis de fazer uma rápida recuperação. Muitos conseguem no fazer sozinhos, outros não. Alguns retornam com as mesmas personalidades, e outros não!

Somos diferentes, meus queridos leitores, e não deveremos julgar quem não consiga fazê lo sozinho ou até mesmo quem regresse diferente, se por um acaso não conseguirmos lidar com a situação, bem temos sempre uma escolha, porque quem não sabe ajudar, não prejudica.

Sou muito convicta com a minha opinião nesse sentido, os falsos “abraços e palmadinhas” nas costas, são deveras irritantes, o telefonema em que a grande parte da conversa é uma dissimulada tentativa de obter informações, apenas para satisfazer “cusquices”, bem esses então, provocam em mim uma revolta, que vocês não conseguem imaginar.

Infelizmente já tolerei muitas pessoas assim na minha vida, e ao ter permitido a sua permanência nela, apenas me causaram uma série de problemas que eu poderia muito bem ter evitado, se eu soubesse dizer que não!

Mas já estou muito melhor nesse sentido, já sou capaz de dizer não, mais vezes, mas ainda estou muito no início desse processo. E sinceramente, tem a parte em que me sinto aliviada, mas também ainda existe uma parte em que me sinto culpada, é como vos acabei de escrever, estou no início desse processo, mas felizmente já não faço um terço dos “fretes”, que até à um tempo atrás eu fazia.

Foi precisamente após a minha última queda, e passado algum tempo que decidi que teria que me reeducar, me reinventar para que eu conseguisse levantar me com dignidade, porque as mágoas que sofri perfuraram me a carne e o osso, e tocaram a minha alma, vos garanto que foi desesperante e assustador.

E poderá parecer vos exagerado mas eu estava a passar por uma fase de um pós operatório, quando esses ditos seres humanos, se é que lhes posso chamar assim, resolveram aproveitar o meu momento débil para iniciar os seus jogos mesquinhos e vis.

Até à pouco tempo, ainda pensei que tinha perdoado, que a indignação que eu sentia acabaria por passar um dia, mas estava novamente a ter dificuldades em saber não, basta, chega. E de um dia para o outro, decidi fazer uma pequena limpeza, por causa de uma última novidade acerca do meu problema de saúde, e para não correr riscos estúpidos novamente, chegou o dia da limpeza!

Desta vez, só ficou quem eu realmente queria, o resto foi com a água das primeiras chuvas do Outono.

Desta vez se eu sofrer uma queda, sei que não terei uma ajuda extra para que isso aconteça mais rapidamente, terei os poucos mas bons que se preciso for, estaram lá para amparar a minha queda, como sempre o fizeram e eles sabem o quanto eu lhes sou grata 😊💞🌹Qualidade, meus queridos leitores, e não quantidade 💕🤗👌

Espero que continuem a acompanhar o meu blog e a minha escrita, obrigado e um grande bem haja a todos vós! 🤗🌹😊

7 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s