Ganhei mesmo quando perdi ❤️


Olá caros leitores,

Já reflectiram alguma vez em vossas vidas, na quantidade de vezes que vocês sentiram que perderam algo, mas que ao fim de algum tempo, chegaram à conclusão que afinal foi o oposto, que haviam ganho?!

Eu já! Já sofri com o que na altura me pareceu ser uma perda, mas o tempo encarregou se de me demonstrar, o contrário!

E sabem qual foi o sentimento que eu senti após ter contactado essa realidade? Alívio, um grande e sincero alívio!

No final, mesmo perdendo eu ganhei, e se ganhei, meus queridos e caros leitores!

Tive a presença na minha vida de pessoas que só a envenenavam, com as suas artimanhas de caridade, de falsa amizade, abusando da boa vontade da minha parte, porque uma das coisas que mais dificuldade eu tinha, e confesso que ainda tenho um pouco, é não saber dizer não!!

Não sei muito bem o porquê desta minha dificuldade, acreditem que não é por querer que gostem de mim, ou algo parecido, nada disso até porque quem gostar tem que gostar de mim como sou, isso é indiscutível. Não faço de conta que tenho outra personalidade….

Uma das grandes lições que aprendi na minha vida foi que, é sem dúvida nos piores momentos, nas piores fases que eu possa ter passado, que os meus verdadeiros amigos se revelaram, mas também os piores, demonstraram ser quem sempre foram na realidade!

Sobre alguns eu já tinha um pressentimento, um felling que o meu instinto já por inúmeras vezes me havia alertado, mas houve outros dos quais eu não esperava mesmo. Aqueles que frequentavam a minha casa, aqueles que foram escolhidos para serem, os meus padrinhos de casamento, aqueles que eu abri a porta de minha casa e deixei que ficassem nela o tempo necessário, porque estavam a passar um mau momento. Estes foram os que mais desgosto me provocaram, porque na fase inicial da minha doença tudo o que fizeram, foi dar palpites ao meu marido dizendo lhe que não tinha que ficar comigo, porque iria ser um fardo muito pesado, que ele era muito novo, etc. E pior como se apercebiam que a intenção dele, não era pedir me o divórcio, bom, tentavam incutir lhe a prática da traição, afinal eu estava doente e não iria corresponder às suas “necessidade”!

Obviamente, que exterminei todos aqueles que pertenceram a esse meu grupo de “fãs”, da minha vida. Infelizmente alguns ainda permanecem presentes na vida do meu marido, mas ele é quem faz as suas próprias escolhas, no entanto está completamente consciente da minha opinião e vontade, em que essas pessoas para mim, simplesmente deixaram de existir!

Se funciona, bem umas vezes sim outras não, porque voltaram a existir novamente certos palpites, e novas personagens, à cerca de três anos, a última vez que fui operada e a minha doença avançou!

Mas eu contudo, ganhei mesmo tendo perdido tempo de minha vida, a sofrer por causa da interferência e maldade dessas pessoas, mas eu encontrava me a recuperar de uma cirurgia complicada, da qual o pós operatório foi muito agressivo, mas sobrevivi, e só isso foi o melhor que eu possa ter ganho!

Mesmo com um esgotamento psicológico, físico e emocional nunca perdi a minha essência e dignidade, o mesmo não poderão essas criaturas afirmar!

Por isso por vezes quando pensarmos que perdemos, afinal estava escrito que assim o seria e que no final só ficaríamos a ganhar! 👌😊🥳💞🌹❤️

Espero que continuem a acompanhar o meu blog e a minha escrita, obrigado e um grande bem haja a todos vós! 😊🌹🤗

2 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s