Ulisses


Deixai me junto à costa coroado de espuma

Que Ulisses já não tem

Arco

Não tem rainha. Ulisses já sem reino e já sem barco.

Deixai me coroado

Ulisses já sem coroa

Nem resposta

Quando pergunta (quando pergunto)

Por sua (minha) cidade Lisboa.

Deixai me desarmado

Junto

A Costa.

O mar o noite o voz das coisas silenciosas

Já Penelope deposta

O meu reino conquistado

De espuma (como das rosas)

Coroado

Deixai me junto à costa.

Meu reino por um barco. E por meu arco.

Poema de Manuel Alegre

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s