👌 A loucura 💯


Olá caros leitores,

Seremos meios loucos ou seremos completamente loucos?

Eu prefiro ser completamente louca!

E sinceramente é através da minha loucura que mantenho estável a minha sanidade mental !

Parece vos confuso?

Talvez,mas na realidade,acreditem que não o é!

De vez em quando enfrentamos demasiados problemas em nossas vidas,e nem sempre conseguimos geri los todos ao mesmo tempo e muito menos ser bem sucedidos em suas resoluções!

Claro que haverá alguém que discorde com o meu ponto de vista,mas a essas pessoas,eu gosto de chamá las, de sabichonas!

Terá sido através destes últimos meses,para não dizer últimos anos,que cheguei à conclusão que para ser feliz,tenho que parecer ou ser louca!

Se algum de vós perguntar a um profissional de saúde,acerca do que é um estado de loucura,ou o que é um louco,irão talvez entender de uma vez por todas o seu verdadeiro significado,e muitos de vós abandonarão o péssimo hábito de colocar rótulos,em pessoas que sofram de doenças mentais!

Com o stress, que hoje em dia todos nós vivemos,seja ele qual for,todos nós chegamos a uma certa altura, em que nos sentimos cansados ou até mesmo esgotados psicologicamente!

Eu posso dar vos o meu exemplo!

Eu quase cheguei a uma situação extrema,precisamente por estar completamente esgotada psicologicamente!

E ao invés de passar o resto da minha vida,a tentar compreender o que nunca irá mudar,decidi optar por me compreender melhor,e isso fez maravilhas!

Passei demasiado tempo zangada,triste,amargurada,com atitudes de outras pessoas, que nunca entendi e que nunca irei entender,mas que foram bastante prejudiciais à minha saúde física,mas também à minha saúde mental.Felizmente em vez de esperar,como sempre fiz,que alguém abri se bem os olhos e visse o que me estava a acontecer e me ajuda se,despertei a tempo de me ajudar a mim mesma!

Tenho amigos que me dizem que uma das minhas melhores qualidades,é ajudar e saber ajudar os outros,e de repente, foi isso que eu pensei,agarrando me a esse pensamento ,como se estivesse a agarrar me a uma bóia para me salvar a vida!

Se realmente sou boa a ajudar os outros,melhor serei a ajudar me a mim própria!

E,realmente é verdade,sou a minha melhor amiga, a minha melhor conselheira,sou o melhor para mim mesma!

E quando cheguei a essa conclusão,a primeira emoção que senti,foi raiva!

Raiva,de mim mesma por ter permitido,a total ausência de credibilidade em mim!

Onde estive eu durante este tempo todo? -foi o que pensei!

Sempre fui uma pessoa alegre,e sempre com garra e com muita vontade de vencer,nunca tive a mania da superioridade,e muito menos a mania da grandeza,por venho de uma família muito humilde, e sempre incutiram esse valor na minha personalidade,a humildade!

Mesmo durante a minha adolescência,nunca fui arrogante,e mesmo tendo ficado grávida,com 16 anos, a primeira coisa que fiz após saber,foi contar à minha família!

Um acto de verdadeira coragem, posso garantir vos e de loucura também,porque sendo filha única,sendo a única sobrinha e neta,o que me esperava,não era uma situação fácil,e eu ainda iria torná la mais difícil,porque além de dizer que estava grávida,iria também dizer que iria ter o bebé,porque isso foi logo o que eu senti e decidi,assim que o médico me deu a notícia!

Completamente louca…com 16 anos,mas bem consciente do que queria para a minha vida!

Aliás sempre fui uma pessoa sem grandes dificuldades no que diz respeito a tomar decisões ou em fazer escolhas,isso obviamente não quer dizer que tenha sempre feito as melhores,claro que não!

Por isso penso que sempre fui um pouco louca em tudo na minha vida,porque nunca tive realmente medo de enfrentar situações ou pessoas!

Apenas andei perdida e esquecida da minha verdadeira identidade!

Não é em vão que quando se trata de resolver qualquer assunto relacionado,com a minha saúde,prefiro sempre e por decisão própria,ir sozinha que acompanhada,salvas excepções e muitas delas até contornadas com a assinatura de termos de responsabilidade!

Sou louca, e talvez completamente desprovida de sanidade mental,mas terei sempre a consciência tranquila, que nunca fiz o papel de vitima em nada na minha vida,e que sempre dei opções de escolha a todos os que fizeram parte dela,os que permaneceram foi por escolha…

Sou muito, mas muito feliz por ser a mulher que sou,louca ou não,e não sinto a necessidade de cobiçar o que não me pertence,nem desejo ser outra mulher, senão a CARLA!

Felizmente, e desta forma consigo imaginar o meu futuro de forma mais leve e sorridente,porque durante demasiado tempo ,nem sequer imaginei a possibilidade de ter um!

E tracei muito bem as metas que pretendo atingir,e repito as mentalmente várias vezes ao longo do dia,para que não me permita esquecer novamente,quem sou!

Dias de raiva,infelizmente ainda existem,mas isso é devido a por vezes ter que conviver com a mentira dos outros!

Com a minha loucura,consigo evitar mais desilusões e ultrapassar velhas mas constantes mentiras,consigo ultrapassar medos e até recuperei a minha auto estima!

Por isso,pergunto vos eu:

-Será realmente assim tão horrível que os outros nos considerem loucos ?

Quando ao contrário daqueles que se intitulam em perfeito estado mental,e que permanecem em suas mentiras,tentando enganar quem se assume como louco?

Será que a loucura inofensiva e passiva,não é mil vezes preferível à mentira, ao enredo,e à malícia?

Pois eu prefiro mil vezes a minha loucura,que a sanidade mental dos outros, que se intitulam como tal!

Ser louca e não fazer mal a ninguém, não faltar ao respeito a ninguém, e ser uma mulher íntegra e consciente que não é perfeita, mas melhor que aquilo que costuma ser cobiçado, é sem dúvida, um dos melhores conselhos que poderei algum dia dar a alguém!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s