🌹🍀🦋A súplica 🍀💐🦋

Olá caros leitores,

Qual é a vossa opinião sobre a súplica?

Súplica… No dicionário, é um nome feminino que significa pedido humilde ou aflitivo….

Parece que a própria palavra, está embrulhada em tristeza.

Quando uma pessoa tem que recorrer ao acto de suplicar, na minha opinião nunca é por motivos de alegria… Num momento de grande aflição, o desespero evidência se e pode originar, actos igualmente desesperados de súplica!

Acho que todos nós já o teremos feito, alguma vez em nossas vidas 🌹🍀

Também eu já supliquei, à entidade divina que sou crente,num acto de grande desespero por causa estar a assistir a um grande sofrimento de alguém que eu amava muito, ou melhor, amo, porque embora essas pessoas tenham falecido, o amor que eu sentia por elas era tão grande e genuíno, que não desapareceu!

Confesso vos que fui muito egoísta, nas minhas súplicas, porque além de pedir que o sofrimento deles desaparece se, também pedi para que não me deixassem sozinha neste mundo!

É o tal desespero a falar mais alto, e nesses momentos apodera se de nós, a vontade de suplicar, porque estamos tão desesperados, que não queremos aceitar tamanha crueldade… Foi o que eu senti e por isso sei que também fui egoísta!

Como é óbvio que não queria que continuassem a sofrer, mas eu não estava preparada para as suas ausências definitivas… Nunca ninguém está!

Foram os momentos mais desesperantes da minha vida até hoje, e foram também os momentos em que mais supliquei!

Por isso é que num dos parágrafos anteriores, eu escrevi que a súplica vem sempre acompanhada por algum tipo de sofrimento!

Existem outros géneros de súplicas, mas na minha opinião, sentirmos que iremos perder alguém que amamos muito para o anjo da morte, é das súplicas mais ferverozas que alguma vez poderemos experimentar!

Já houve também outros momentos em que supliquei, mas por outras razões bem menos importantes e significativas, hoje em dia, penso assim, e acreditem que é um longo caminho de aprendizagem!

Não vos irei mentir… sei muito bem que voltarei a suplicar, mas tenho consciência que as razões que me levaram a fazê lo, não serão as mesmas que me deram uma lição!

Uma lição demasiado cara e que me deixou marcas profundas!

Mas o importante é que essa lição me levou a um momento de paz interior , após vários momentos de desespero e luta contra atitudes nocivas que estavam a contribuir para a minha destruição, e o pior de tudo é que eu estava a ser cúmplice dessas atitudes, ao permitir que existissem na minha vida!

Preferi tornar me invisível, a qualquer tipo de situação ou pessoa que eu sinta que prejudica a paz interior que consegui alcançar, com muito suor.

Existiram alturas na minha vida, que quis fazê lo, mas que não fui capaz por pensar que estava a ser demasiado egoísta e no final quem sempre acabou por sofrer com isso, fui eu, por pensar primeiro nos outros e anulando me, quando o meu estado físico e psicológico eram bem mais graves do que parecia!

A negligência que tive para comigo mesma foi demasiado longa, e quase que teve um desfecho muito triste, mas felizmente acordei a tempo!

Nunca gostei de me sentir como uma vítima, e muito menos que sentissem pena de mim, mas infelizmente faz parte da natureza do ser humano nutrir esse sentimento por alguém , e embora não concorde com ele (sentimento de pena), julgo que quem o sinta, o poderia utilizar para fazer o bem e ajudar quem esteja num momento de maior aflição, pois nunca saberemos o nosso dia de amanhã, e poderemos vir a necessitar que alguém seja piedoso connosco!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s