Era uma vez…parte 1

Olá caros leitores,

Todas as histórias dos contos infantis começam por,era uma vez,certo?

Se quisermos,até a nossa própria história mesmo não sendo, um conto infantil poderá começar por era uma vez…Quando a contamos,poderemos fazê lo como bem quisermos ou entendermos,porque é a nossa história que iremos contar…

A minha história ,conto a com esse inicio!

Era uma vez…

No dia 29 de Janeiro de 1976,na Maternidade Alfredo Da Costa,nasceu um bebé do sexo feminino,a quem foi dado o nome de Carla Filipa Crespo Silva.

Era uma menina pequena,mas saudável, filha de um casal com uma história de namoro peculiar,porque anos antes(1961 a 1974), teve lugar uma guerra chamada ULTRAMAR,e nessa época,os homens foram obrigados a ir,e foi o caso do pai dessa menina.

Esteve a cumprir o seu dever militar na cidade de Angola,durante 24 meses.Durante esse tempo,a relação que tinha deixado no seu país natal ,com sua namorada, foi mantida à distancia através de cartas.

Após regressar,os dois decidiram casar.E foi após, sensivelmente dois anos depois que esse casal tomou conhecimento que iriam ser pais pela primeira vez!

Naquela época,embora já existissem mecanismos para se saber o sexo dos bebés, mas eram caros para as famílias em inicio de vida em conjunto, ou para as de origem humilde.Foi o caso desse casal ,e assim tiveram que esperar o período de tempo de gestação normal,para saberem se seriam pais de um menino ou de uma menina.

Foi então que passados nove meses,e alguns dias depois que nasceu a menina desta história!

Assim que sua mãe teve alta,foi levada para a residência de seus pais,que na altura era na cidade de Queluz,e permaneceu lá apenas o primeiro mês de sua vida,pois os seus pais decidiram ir morar para a Amadora,onde estariam mais perto de seus familiares e também do local de trabalho.

Talvez tenha sido,a pior decisão que ambos tomaram,porque foi a partir de então que o matrimónio deles entrou em declive…

A menina até aos seus três anos de idade,foi uma criança como todas as outras,foi crescendo,começou muito cedo a falar as suas primeiras palavras, e também começou a dar os seus primeiros passos cedo.Aos 9 meses,a menina,já falava algumas coisas e já andava.Porém não há bela sem senão,verdade?

Como a sua mãe,infelizmente não teve leite materno para a amamentar,teve que ser amamentada com os habituais leites próprios para bebe,mas a bebé não se adaptou a nenhum,e dessa forma os seus pais tiveram que alimentá la com leite de vaca fervido do dia,porque no meio desse azar,houve sorte também porque muito perto do prédio onde seus pais moravam,existia uma vacaria que vendia leite ordenhado e fresco várias vezes por dia.

Os seus primeiros três anos de vida decorreram dentro da normalidade para uma criança para aquela idade,com birras ,com choros ,com gargalhadas e muitas brincadeiras e amor da parte de todos à mistura.

Durante esses primeiros três anos,foi um pouco a “menina dos olhos do papá”,porque seu pai levava a para todo lado consigo.Mas esse período teve um desfecho infeliz,por causa da intervenção de outra mulher na relação dos seus pais,e regra geral quando isso acontece,são sempre as crianças as vitimas colaterais!Foi o caso dessa menina.

Espero que tenham gostado até aqui,continuarei a escrever esta página do era uma vez,obrigado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s