Férias 2020


Olá caros leitores,

Alguns de vós, com esta nova fase que nos encontramos de desconfinamento, e com o verão mesmo à porta, já estarão provavelmente a planear as férias!

O tempo quente é sem dúvida, mais aliciante a levar nos para o exterior, do que a permanecermos presos entre paredes… Bom pelo menos, para a maioria.

Planeam se já idas à praia, passeios, só não incluo os festivais de Verão, porque esses permanecem proibidos.. Até mesmo, os festejos dos Santos populares de Lisboa, Porto e de Sintra, não irão ocorrer!

Como eu referi à pouco, é a maioria que poderá concretizar estes planos, como fazem habitualmente por a altura do Verão, mas já pensaram na minoria que não poderá fazê lo?

Que género de conselhos, dariam vocês a essas pessoas que terão que permanecer resguardadas, este verão?

Será que não será possível terem elas também um pouco de usufruto do tempo quente e convidativo, à mesma?

Bom, claro que certamente pouco importa, porque são uma minoria e para quê incomodar os afortunados e desconfinados, com tamanha tolice e perca de tempo?

Pois, este verão irá continuar a ser a alegria dos habituais, mas infelizmente será talvez a primeira vez, a tristeza para outros.

Pessoas comuns, mas que não poderão sequer aceder a uma ida à praia, só porque anda um vírus descontrolado por aí, à espreita, à procura de novas vítimas!

Estou a referir me, as pessoas que pertencem aos grupos de risco, obviamente!

Será que essas pessoas irão ter a compreensão por parte dos seus familiares que coabitem com elas, e esses irão ser solidários para com elas?

Será que irão cumprir solidariamente com elas, o seu isolamento?

Ou irão sim, aproveitar a mínima desculpa, que possam utilizar para saírem, nem que seja só para não se sentirem mais ali presos, porque afinal não pertencem a essa minoria?

Eu tenho a certeza absoluta que será assim que irá acontecer, as pessoas que terão que permanecer resguardadas, irão ficar abandonadas e esquecidas como sempre foram…

Eu, que pertenço a um grupo de risco, embora não esteja contente com a situação, terei que fazer um esforço para me reinventar este verão, que por acaso até é a minha altura do ano favorita, mas não é uma situação catastrófica, apenas uma que requer um ajuste.

Tenho imaginação suficiente para fazer com a privação de idas à praia, convívio em esplanadas, passeios para fora de Lisboa, tudo o que normalmente faria, se não estivesse a acontecer esta situação, porém em casa também consigo ter a oportunidade de “viajar”, através da leitura de um livro, beber um café no meu quintal à sombra da minha laranjeira, e posso até ganhar uma cor de verão, coisa que eu tanto gosto 😊

Utilizem a vossa imaginação de forma saudável e contribuam desse modo, a que esta situação normalize o mais rapidamente possível, para todos.

Ficar em nossa casa, é sempre melhor que uma enfermaria de um hospital ou algo pior ainda!

Espero que gostem, obrigado!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s