MEDOS E INSEGURANÇAS!


Olá caros leitores,

Se nas nossas vidas tudo o que possuímos,nos tivesse sido dado sem que nós nos tivéssemos esforçado para tal,acham que daríamos o devido valor?

Pois bem, alguns de vós poderão até concordar que sim,outros estarão possivelmente de acordo comigo,ao pensar que não!

Tudo o que é demasiado fácil,rapidamente perde a magia e o seu deslumbre inicial…Geralmente, é o que acontece em tudo o que se conquista facilmente,é a regra geral imperativa!

Porém também temos o outro lado,e quando analisamos um assunto temos sempre que ter em conta os dois lados da questão.

Quando somos proibidos de fazer alguma coisa,não será precisamente quando a vontade de contrariar se apodera de nós, e independentemente das consequências,fazê mo lo com ainda mais avidez?

Claro que sim,eu tenho por hábito dizer que sou do contra,e tal como eu, todos vós possuem essa característica,não existe ninguém 100% “certinho”!

Será que as pessoas mudam ou afinal revelam se?

Pergunta pertinente,com uma resposta rica em conteúdo…

Vou dar vos a minha opinião,baseada em factos observados, do percurso que decorri até agora na minha vida!

Sempre gostei muito de comunicar,embora (e isto agora vai soar vos ligeiramente contraditório),não me considero uma fã de pessoas.

Mas na verdade nem sempre foi assim,quando era criança,não imaginam como eu ficava feliz quando me levavam a passear,quando na escola haviam visitas de estudo,quando me deixavam passar as tardes a brincar na rua,etc.

Tudo o que estivesse relacionado com o contacto com pessoas,eu ficava feliz!

Mas vamos crescendo e a inocência de ser criança, aos poucos vai se desvanecendo e desenvolvemos a capacidade de avaliar quem nos rodeia,pelo menos isso aconteceu comigo!

Penso que entramos nessa fase de nossas vidas,quando ainda em crianças, fazemos a transição da escola de 1º ensino básico,para o 2º ensino básico(5º e 6º ano em Portugal).

É por essa altura que começamos a lidar com uma maior quantidade de pessoas,e passamos de ter um professor e poucas disciplinas,para vários professores e várias disciplinas e com turmas com mais colegas.

Creio que nesta fase,começamos a ter outra noção da realidade e de como a vida realmente funciona!

Por volta desta idade,a personalidade do ser humano toma ainda mais forma,claro que depois passará à fase da adolescência,como eu costumo chamar da “idade parva”,mas é como tudo, todas as idades têm ou deveriam ter as suas fases,onde em cada uma delas podemos fazer o que é suposto fazer com essa ou aquela idade!

Quantos de vocês,já viram um adulto comportar se como uma criança ou adolescente?

Várias,verdade?

Também eu já vi,e quando ouvia essas pessoas argumentarem as suas atitudes imaturas,a desculpa que ouvi foi sempre a mesma,que tiveram uma infância complicada e reprimida!

Eu escrevi propositadamente desculpa,porque na realidade é o que estão a fazer ,para se sentirem de alguma forma confortáveis, em seus sentimentos de culpa.

A perfeição não existe,e ninguém é perfeito,sei que repito várias vezes esta questão,mas é porque na verdade gostaria muito que cada um de nós,aceita se esse facto de uma vez por todas em suas vidas!

Estamos constantemente em fases de adaptação,e com isso a nossa personalidade vai sofrendo pequenas ou grandes alterações,e tudo isso contribui para que nos tornemos boas ou más pessoas,não tenham dúvidas disso!

Por vezes sentimos um medo avassalador que se apodera de nós,e nos faz ter atitudes irracionais e completamente desapropriadas.Por vezes, esse medo anda associado à falta de segurança e credibilidade que temos em nós próprios,mas julgo que será maior para quem não se conheça verdadeiramente,e que passa a vida constantemente na interrogativa,como fazem as crianças na idade dos porquês.

Surgirão sempre perguntas ao longo de nossas vidas,mas quando estamos bem conscientes das nossas capacidades,não passaremos a vida com a cabeça encostada à parede,como se estivéssemos perante o Muro Das Lamentações.

Actos de cobardia constantes,em atribuir para cima dos outros a responsabilidade das nossas más decisões,nunca nos fará evoluir e poderemos estar a destruir alguém,não sermos firmes quando queremos dizer não a alguma coisa ou situação,só faz de nós marionetas em mãos alheias,e por vezes permitimos que essas mãos nos manipulem por tempo indeterminado e poderão causar a nossa destruição.

Temos também aqueles que gostam de parecer boas pessoas,como eu costumo dizer,os que gostam de ficar bem na fotografia,os eternos anjinhos que não partem a loiça,mas que na realidade partem na toda,mas pela socapa,para que não deixem de ser vistos perante os olhos dos outros,como exemplos a seguir.

Depois temos aqueles que, por serem fisicamente mais bonitos que os outros,ou porque são mais magros,ou porque são loiros de olhos claros,ou porque têm um corpo com os músculos definidos,utilizam essas características para caçarem suas vítimas em suas ardilosas teias,e se houvesse um espelho mágico,como nos contos de fadas,assim que as suas imagens ficassem reflectidas nesse espelho,o que ficaria visível não seria essa beleza exterior,porque essa vai desaparecendo com a idade que é um sinal do tempo,e ficariam sim reflectidas as suas verdadeiras essências,que provavelmente não seriam tão lindas como as exteriores!

Existe o ditado “quem feio ama,bonito lhe parece”, a verdade é mesmo essa! Quando o sentimento é mesmo genuíno,puro e honesto,podemos até conhecer a pessoa mais linda à face do planeta,mas se estivermos numa relação de pouco ou de há muito tempo ,e sentirmos amor verdadeiro,não iremos trocar gato por lebre e o certo por o incerto,a menos que o sentimento que anteriormente havíamos sentido tenha desaparecido!Não temos o total controlo pelos nossos sentimentos,e tudo tem que continuar a ser”alimentado”para que cresça,porque caso contrário desaparece,demore muito ou pouco tempo!

Como se costuma dizer que, “os olhos também comem”,mas quantos de nós já conheceram pessoas que a primeira coisa que nos chamou a atenção, foi precisamente a beleza exterior e depois passado algum tempo nos apercebemos que era mesmo e apenas só isso beleza exterior ?

O tempo é sem duvida o nosso melhor amigo, e o silêncio o nosso melhor conselheiro!

O que gostaria muito que fizessem,era que não permitissem que os vossos medos e inseguranças se apoderassem de vós, e se não conseguirem dominar esses medos e inseguranças,terão certamente alguém com quem contar para que vos ajude,se tiverem família não hesitem coloca los em primeiro lugar para o fazerem ,porque serão quem mais vos ama e quem verdadeiramente quer o vosso bem estar,não se deixem manipular pelas boas intenções alheias surgidas do nada ou por alguém que não conhecem bem!

Escrevo vos isto com todo o meu coração e em forma de conselho,porque baseada na minha experiência,tudo o que vos aconselhei a fazer,também já me aconteceu e senão me tivesse apercebido a tempo e pedido ajuda,provavelmente não estaria aqui a escrever este texto!Sejam Felizes!


Espero que tenham gosta

Espero que leiam e que gostem,obrigado!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s