OS FANTASMAS DO PASSADO!

Olá caros leitores,

Todos temos alturas em nossas vidas,em que somos “assombrados”,pelos fantasmas do passado.Fantasmas que nos impedem de ter uma noite de sono tranquila,fantasmas que deixaram marcas tão profundas,que parece que acabaram de acontecer,fantasmas que nos criam fobias e teimam em nos derrotar!

O passado,o significado da própria palavra diria tudo,num sentido prático e de ilusão,porque se nenhum de nós não tivesse um passado,não teríamos certamente uma história para contar!O passado faz parte da história das nossas vidas,e quem negue tal facto, é porque por alguma situação,não lhe é conveniente,e não evoluiu em sua identidade!

Claro que não podemos viver as nossas vidas nesse tempo,ou seja,presos ao nosso passado,mas porém poderão ter ocorrido situações traumáticas,que talvez nunca se consigam ultrapassar.

Deixam cicatrizes tão profundas em nossas personalidades,que nos transformam para sempre!

Por vezes,apercebe mo nos que, já não somos mais quem éramos,que os planos que havíamos traçado para nossas vidas já não fazem mais sentido,e andamos perdidos à deriva desesperadamente,como um barco prestes a naufragar!

Estes fantasmas são chamados de traumas,na psicologia,porque provocaram alterações graves,na personalidade de quem os sofreu e por vezes os danos tornaram se irreversíveis,e alguns tão graves ao ponto de levar ao suicídio,que na minha opinião é um acto de desespero e de muita coragem.E isso não acontece do dia para a noite,e de um segundo para o outro,por vezes são emitidos vários alertas em forma de pedidos de ajuda,mas ninguém presta a devida atenção, porque certamente, já rotulou essa pessoa de fraca,com distúrbios e como uma fonte de negatividade!

Existe a celebre frase,”só dás valor ao que tens,quando o perdes”, e neste contexto aplica se a 100%!

Quantas vezes,já ouvimos falar ou até mesmo tenhamos conhecido pessoas, que cometeram suicídio?E aquilo que ouvimos da boca de seus familiares e amigos, é sempre o mesmo argumento, não estavam à espera que fosse possível isso acontecer e que nunca se deram conta de nenhum comportamento que indica se tal fatalidade!

Tretas!

Claro que se deram conta,mas apenas o dizem para se sentirem mais aliviados,em seus sentimentos de culpa em forma de remorsos, por não terem agido, enquanto lhes foi possível fazê lo!

A natureza do ser humano é mesmo esta,primeiro eu,depois eu e talvez em terceiro lugar ,venha aquele que lhe está mais próximo!

Não criem ilusões em vossas cabeças, a vida real não é como nos filmes,que quando alguém está prestes a tirar a própria vida, aparece alguém montado num cavalo branco para a salvar!

Num mundo cheio de alfinetes,como é aquele em que vivemos,temos de desenvolver a capacidade de sobreviver a todo custo,e não creio que seja sinal de fraqueza ,quem decide pôr termo à própria vida,antes pelo contrário, na minha opinião,é um acto de muita coragem,com muito desespero à mistura, de quem lutou até não aguentar mais!

Por vezes,vivermos num estado de constante loucura,permite nos desenvolver a capacidade de continuarmos a travar as nossas batalhas,quando ninguém mais acredita que teríamos a coragem de fazê lo.

Poderão pensar que concordo com o suicídio,não!Não concordo,mas também consigo entender um pouco quem o fez e quem pense em fazê lo!

Assuntos mal resolvidos,problemas económicos,stress,esgotamentos nervosos,depressões mal curadas,doenças terminais,relacionamentos falhados,falta de afecto,traições,maus tratos físicos e psicológicos,abusos de álcool ou drogas,abusos sexuais,etc,poderão originar uma ruptura total da pessoa,e temos que pensar que não somos todos iguais,que as capacidades e formas de estar na vida,são muito variáveis e em constante adaptação ao que nos rodeia!

Certamente já ouviram a frase,” o ser humano adapta se “,sim claro que sim!Foi desenvolvendo, essa característica desde os tempos da pré história,mas o que para uns resulta na teoria,para outros não resulta na prática.

Pensem por um instante,se fossemos todos iguais não teria piada nenhuma,porque imaginem todos gostarmos de amarelo?

Iríamos parecer todos uns canários!

Cada um de nós seguramente possuirá alguma característica ou dom, que o outro não possui,e isso torna nos como seres individuais e únicos!

O que vos posso dizer baseada na minha experiência de vida,é que desenvolvam a capacidade de sobrevivência,desenvolvam o vosso estado de loucura saudável,aprendam a gostar de vossas imperfeições,não queiram suportar o peso dos problemas dos outros,não se anulem a vós mesmos,mas também não sejam negligentes com aqueles que vos rodeiam,não permitam que a maldade alheia, seja presença assídua em vossas vidas,se houver algo ou alguém que não vos esteja a fazer bem,retirem na de vossas vidas ou simplesmente retirem se,porque quem em nada nos acrescenta,apenas nos diminui,e ao fazer com que nos sintamos minúsculos,apenas nos estaremos a colocar num lugar escuro,de maus pensamentos…num caminho sem volta,sem luz…Pensem que até em dias de chuva ou tempestade,a escuridão não reina,existe sempre um foco de luz,por muito pequeno que seja!

Por isso cada um de nós, terá que ter essa luminosidade em seu caminho,por muito ténue e fraca que possa parecer,e chegará o dia em que serão recompensados por terem acreditado nessa fraca luminosidade,e aí serão conscientes e irão tornar se gratos,e aprenderão a dar significado a coisas tão insignificantes,que anteriormente não dariam!

Espero que tenham gostado,obrigado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s