ÉS FELIZ OU ENGANAS A TRISTEZA?


Olá caros leitores,

O post que vos estou a escrever hoje coloca a todos nós,uma pergunta que além de ser deveras muito interessante,é bastante pertinente…

Quantas vezes ao longo das nossas vidas,já nos colocamos esta questão?

Não mintam a vocês mesmos…poderão mentir aos outros,e consigo compreender vos na perfeição, o porquê de o fazerem,porque também eu o faço para afastar de mim reacções ou atitudes,que só me iriam prejudicar,chegando ao ponto de me levar ao desespero…

Por vezes, é nos mais fácil criar realidades paralelas em certos momentos ,do que nos entregarmos à cruel realidade…Vou dar vos um exemplo que eu fiz há muitos anos atrás para não encarar um momento de angustiante desespero que vivi…

Há 19 anos ,atrás quando o meu tio mais velho faleceu,vítima de cancro do pulmão instalou se dentro de mim um desespero,um ódio ,uma angústia que não vos consigo descrever por palavras,e no entanto como ele tinha sido um verdadeiro guerreiro,pois lutou durante 2 anos e meio contra essa maldita doença,eu pensava e tinha me convencido que era a pessoa que mais bem preparada estava para quando o pior acontecesse…TRETAS! PURA E SIMPLESMENTE TRETAS,VOS GARANTO COM TODA A CERTEZA!

Sabem o que fiz para colmatar as saudades,que a cada dia que passava eram maiores e maiores?

Criei na minha cabeça,a tal realidade paralela que vos mencionei …Convenci me que estava impedida de estar com ele diariamente,porque ele tinha ido viajar!Para não me sentir tão perdida,nas minhas horas de almoço,onde eu aproveitava para ir visitá lo ao IPO,quando estava internado,ou mesmo quando estava em casa,porque cheguei ao ponto de não saber o que fazer nessas horas!Porém não vos dou como conselho,utilizarem esta pratica, porque chega sempre o dia em que temos de viver a realidade tal e qual ela é…E aí parece que voltamos à estaca zero… como se tivéssemos viajado no tempo, para o passado e por consequência a sofrer tanto ou até mais que a primeira vez…Mas eu sempre tive problemas em lidar com a perda de pessoas,não vos direi a principal razão que fez com que isso tivesse desenvolvido na minha personalidade,porque hoje com 44 anos,já consegui enterrar esse problema, que teve lugar em minha vida quando eu tinha apenas 3 anos!

Mas digo vos com toda a sinceridade que engano muitas vezes a tristeza que sinto,no meu dia a dia,principalmente com mais frequência ultimamente por estar impedida de fazer a minha vida normal ,por causa deste “monstro” que dá pelo nome de COVID-19.

Se vocês se sentem zangados com este vírus,imaginem quem tem obrigatoriamente de se reinventar diariamente, porque é doente e não pode de forma alguma fazer o que sempre fez,e chegar até, ao ponto deixar de se sentir livre ?

Lamento profundamente,quem se lamente e não tenha fortes razões para fazê lo…

Através das minhas redes sociais ,leio baboseiras escritas por pessoas que se lamentam de estarem privadas de ir para os cafés conviver,que não podem dar passeios à beira mar,que não podem viajar,que este ano possivelmente não poderão ir para o Algarve de férias como habitualmente o faziam nos anos anteriores,que não poderão ir aos festivais de verão que costumam acontecer nos meses de Julho e Agosto…Sinto pena, muita pena na verdade…E não é uma pena misericordiosa,é uma pena de indignação, porque realmente não passam de pessoas mimadas que nunca se depararam com a situação de terem de se privar à seria de algo …Na minha opinião essas serão seguramente as pessoas que irão contribuir para que esta pandemia demore mais tempo a terminar,com as suas muitas atitudes inconscientes e egocêntrica, porque simplesmente se acham mais importantes do que os outros!

Podem realmente sentir a minha raiva,porque é realmente o que sinto!

Gostaria que este sentimento fosse substituído por outro bem diferente,acreditem mas sei que só as pessoas conscientes e responsáveis que estejam inseridas,num grupo de risco tal como eu,poderão compreender na integra,esta raiva.

Um dos meus piores medos,na actualidade é que eu esteja a desenvolver inconscientemente, sociofobia como consequência, do meu isolamento obrigatório com a sociedade.

O QUE É SOCIOFOBIA?… Estarão alguns de vós a perguntar…

SOCIOFOBIA é uma fobia associada a estados de muita ansiedade,acompanhada por tormentos persistentes excessivos e irracionais de certos objectos ou situações,especificamente nesta categoria de fobias, é o medo que se desenvolve inconscientemente de estar em situações sociais.

Eu que já sou muito selectiva em relação a quem deixo ou não fazer parte da minha vida,tenho consciência da situação prós traumática, que me aguarda quando esta pandemia chegar ao fim.

Foi por todos estes factos ,que vos acabei de descrever na primeira pessoas e talvez até expondo me demasiado,embora seja uma coisa que não gosto nada de fazer,por causa de situações já passadas,que em nada foram benéficas à minha saúde,e vindas sempre qualquer uma delas, de pessoas que pensava serem minhas amigas,que vos afirmo e alerto, para o que ainda talvez ninguém tenha feito…Qual a quantidade de pessoas que com esta situação de pandemia irão desenvolver fobias que anteriormente,não tinham?

Como será a ajuda que irão obter através de apoios dos seus serviços de profissionais de saúde,familiares e amigos para que não cometam em acto de desespero, suícidio?

Será que as ditas pessoas mimadas que eu mencionei,no texto que vos estou a escrever hoje,já pararam para pensar nisso?

Ora aí está um traço bastante importante que a humanidade poderia e deveria melhorar com esta pandemia…Aprender a colocar se no lugar de alguém ,que se encontre num lugar escuro, por vezes emitindo gritos mudos de socorro!

Essas pessoas mimadas, não sabem na verdade ,o real conteúdo escondido por detrás da pergunta que coloco como titulo deste texto,porque na existências delas, nunca precisaram enganar a tristeza para se sentirem felizes!

Espero que tenham gostado,obrigado!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s