SER MULHER!

Ser mulher é algo de misterioso,é ser algo mágico porque até a natureza quis que assim o fosse,ao permitir que fosse a mulher a desenvolver dentro de si outro ser , claro que sozinhas nunca iriam conseguir e os homens têm também o seu papel igualmente importante,não sou de forma alguma feminista,nem algo que se pareça.Tenho sim muito orgulho em ser mulher,embora reconheça que nem sempre é fácil.

Para se conseguir viver com alguma harmonia,os nossos antepassados tiveram que criar regras para se viver em sociedade.

Até ai nada de extraordinário,porque tem que haver regras para tudo nesta vida,pois caso contrário viveríamos como autênticos selvagens,mas essas regras foram elaboradas para beneficiar de alguma forma o sexo masculino.

Existem ainda hoje em dia certas culturas em que o valor da vida de uma mulher nada vale,infelizmente porque somos todos habitantes deste planeta maravilhoso.

Depois a sociedade avançou na criação de estereótipos,que só “apodreceu”ainda mais o ser humano.

Por exemplo,na moda as mulheres e os homens tinham que ser altos e magros ,as então chamadas medidas perfeitas.Essas ditas medidas levaram a que muitos jovens iniciassem dietas perigosas e até mesmo desenvolvessem doenças perigosas,como a bulímia e a anorexia,porque tinham que corresponder ás elevadas fasquias para obter um corpo perfeito,para não falar também nas características de ter cabelo loiro e olhos azuis ou verdes como padrões de beleza.

Tudo isto levou muitos jovens a cometer suicídio e infelizmente isso ainda acontece nos dias de hoje.

Para nós mulheres ,agora no século XXI,a vida está mais simplificada nas ditas regras impostas pela sociedade,embora certos pontos ainda perdurem e julgo que nunca irão desaparecer,porque se entranharam na natureza do ser humano.

Eu que sou uma mulher com 44 anos,mãe de 2 rapazes,já sofri com essas regras tão estupidamente criadas.Por exemplo,há uns anos atrás para conseguir ficar com um emprego tive que omitir que era mãe,caso contrário iriam optar por uma mulher que não o fosse,como se o facto de ser mãe me desse menos qualificações para desempenhar as minhas funções.Revoltante, não é?

Viver com tantas regras mal elaboradas e muitas delas revoltantes, não é nada fácil,por isso ter escrito mais acima que a sociedade favorece mais o género masculino.

Pois bem caros leitores,sou mulher e não me enquadro em nenhum estereotipo.Sou baixa,morena ,olhos castanhos,por acaso sou magra,tenho estrias no corpo que ficaram como lembrança das duas vezes que estive grávida ,e adoro ser como sou ,não trocava de lugar com mulher nenhuma. A beleza que eu possuo é única porque é só minha, e é o que faz de mim ser quem sou!Devemos gostar sempre de nós,aceitar cada detalhe do nosso corpo,cada marca,cada cicatriz porque é isso que nos faz ser diferente e ter a nossa identidade própria,nunca tentem ser cópias de ninguém,é o conselho que vos dou de coração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s